Quando vejo você chorar

Fico sem saber
Onde colocar minhas mãos
Quando vejo você chorar.
Percebo Deus se importar
Com a miséria dia outros.

E é quando você se importa
Com a miséria alheia
Deus se mostra em seu explendor
Escorre com suas lágrimas,
Com vergonha escondo minhas mãos

Minhas mãos de ladrão
Não sabem pra onde fugir
Temem se molhadas
Por gotas que parecem suor

São suas lágrimas
Que descem dos seus olhos
Por onde Deus vê
A miséria que não é nossa.

COMPARTILHAR:

+1

Quando vejo você chorar

Fico sem saber
Onde colocar minhas mãos
Quando vejo você chorar.
Percebo Deus se importar
Com a miséria dia outros.

E é quando você se importa
Com a miséria alheia
Deus se mostra em seu explendor
Escorre com suas lágrimas,
Com vergonha escondo minhas mãos

Minhas mãos de ladrão
Não sabem pra onde fugir
Temem se molhadas
Por gotas que parecem suor

São suas lágrimas
Que descem dos seus olhos
Por onde Deus vê
A miséria que não é nossa.