Quando Vorta a Pedalá


"Do Fim do mês
eu já sou freguês"

Eu já to sem trabaiá.
Eu já to sem dirigí,
eu já to sem pedalá,
até já to sem drumi.

Mas já sei que vô fazê.
Já parei té de bebê ,
vou deixa o metrô,
que treis real me robô,
vou deixar o busão,
que não sou mais bexta não!

Vou é di bicicreta!
Pa tudo quanto é lado.
num vo dipende do táxi,
nem du devê do estado.

Vou é di cicrovia.
I si num tivé, vou de lado!
Esquerda da rodovia,
que mata todo dia,
trabaiadô ou disempregado.

Se Pedala mi ajuda,
mi faz chega mai rápido,
minha bicicreta da uma surra,
no seu carro importado.

E se for de São Bernado,
esse monte de ferro e fibra,
pertence a este chão,
é mai caro que a vida,
de tu ao volante próstado!

Pois não tem valô a vida,
do trabaiadô rico ou pobre.
Seja di bicicreta, busão, metrô.
Chevrolet. Ferrari ou Ford

Tem valô sim as coisa,
acima do ser humano
e não importa o que tu dizê,
nem se é de eleição o ano,
pois aqui vai ter copa
e vai acabá  atrapaiano.
Ninguém vai tê direito a nada
nem bicho, nem fruta, nem humano.

COMPARTILHAR:

+1

Quando Vorta a Pedalá


"Do Fim do mês
eu já sou freguês"

Eu já to sem trabaiá.
Eu já to sem dirigí,
eu já to sem pedalá,
até já to sem drumi.

Mas já sei que vô fazê.
Já parei té de bebê ,
vou deixa o metrô,
que treis real me robô,
vou deixar o busão,
que não sou mais bexta não!

Vou é di bicicreta!
Pa tudo quanto é lado.
num vo dipende do táxi,
nem du devê do estado.

Vou é di cicrovia.
I si num tivé, vou de lado!
Esquerda da rodovia,
que mata todo dia,
trabaiadô ou disempregado.

Se Pedala mi ajuda,
mi faz chega mai rápido,
minha bicicreta da uma surra,
no seu carro importado.

E se for de São Bernado,
esse monte de ferro e fibra,
pertence a este chão,
é mai caro que a vida,
de tu ao volante próstado!

Pois não tem valô a vida,
do trabaiadô rico ou pobre.
Seja di bicicreta, busão, metrô.
Chevrolet. Ferrari ou Ford

Tem valô sim as coisa,
acima do ser humano
e não importa o que tu dizê,
nem se é de eleição o ano,
pois aqui vai ter copa
e vai acabá  atrapaiano.
Ninguém vai tê direito a nada
nem bicho, nem fruta, nem humano.