Alunos de colégio de Rolândia são campeões no ciclismo


A equipe de ciclismo, formada em maio de 2010 e treinada pelo diretor do Colégio Souza Naves, José Ricardo Moraes, hoje é considerada uma das melhores do Paraná nas disputas dos Jogos Escolares. Além das competições dos Jogos Escolares, o time já conquistou os campeonatos Paranaense e Brasileiro de Ciclismo.
Rolândia é uma cidade com tradição no ciclismo. Nos anos 70, o município tinha uma das melhores equipes da modalidade no Brasil. O pai do diretor José Ricardo – que também é professor de Educação Física - representava a cidade e foi convocado pela Seleção Brasileira de Ciclismo.
O mesmo destino teve a aluna Renata da Silva Lopes, de 17 anos, estudante do 3º ano do ensino médio do Souza Naves. Em 2014, ela foi escalada para defender o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Lima, no Peru. De lá trouxe três medalhas de bronze na bagagem e muita vontade de continuar competindo. Renata está na equipe de ciclismo da escola desde que foi formada, em 2010. "Antes eu não pedalava, jogava futsal. Minha amiga falou sobre o ciclismo e comecei a frequentar para acompanhar ela. Peguei gosto pelo esporte e hoje estou conseguindo bons resultados", conta a atleta.
Renata também é campeã dos Jogos Escolares, do Campeonato Paranaense e do Campeonato Brasileiro de Ciclismo. "Se não fosse pelo colégio eu não seria atleta hoje. Foi uma grande oportunidade. Eu nem sabia que existia o ciclismo. Treino todos os dias e quero ser convocada novamente pela Seleção Brasileira", afirmou.
Em agosto de 2014 serão disputados os Jogos Olímpicos da Juventude, na China, e Renata tem boas chances de ser chamada novamente.

Alunos de colégio de Rolândia são campeões no ciclismo e na sala de aula - Hedeson Alves
Formada por 20 alunos, a equipe de ciclismo tem obtido
bons resultados dentro e fora das salas de aula
Outro destaque da equipe é o ex-aluno do Souza Naves, hoje estudante de Educação Física, Victor Bayerl, de 17 anos. "Ele é um atleta de nível de Seleção Brasileira. Já é observado e a qualquer momento pode ser convocado", explicou o diretor do colégio.
João Victor, 13 anos, do 9º ano do ensino fundamental, é outro aluno que vem se destacando. Há um ano ele participa da equipe de ciclismo e já colhe bons resultados. Na última semana, foi campeão da Copa Regional de Ciclismo, em Assis, no estado de São Paulo. "O diretor passou na nossa sala e falou sobre a equipe, fiquei interessado e resolvi experimentar. Antes eu treinava handebol e agora, com a equipe de ciclismo, consigo conhecer lugares diferentes, que eu nunca tinha ido antes", afirmou.
Rotina
De segunda a sábado, sempre no período da tarde, os atletas pedalam forte sob o calor intenso das rodovias no entorno de Rolândia. O treinamento dura, em média, de duas a três horas. A equipe de ciclismo é uma parceria do Colégio Souza Naves com a Secretaria Municipal de Esportes de Rolândia, que paga o transporte, alimentação e a inscrição dos atletas na maioria das competições.
Além disso, quatro atletas da equipe recebem bolsas da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná, por meio do programa Top-Formador. Outros quatro integrantes recebem bolsas do Top-Escolar, ambos do Programa Talento Olímpico do Paraná.
Hora-treinamento
Os alunos do Colégio Souza Naves não têm somente ciclismo como opção para praticar esportes. Dentro do programa Aula Especializada de Treinamento Esportivo, os estudantes também têm contato com o vôlei e o xadrez. "A hora-treinamento, oferecida no contraturno escolar, é uma forma de aumentar o tempo do aluno dentro da escola. Os estudantes que se destacam no ciclismo são chamados para a equipe principal", afirmou o diretor.
A prática esportiva também contribui para a formação de cidadãos melhores. O diretor José Ricardo Moraes, explica que a disciplina exigida pelo esporte ajuda muito no desenvolvimento das crianças e adolescentes. "Temos meninos que começaram há três anos e hoje estão na faculdade. Meninas que estão terminando o ensino médio e que sofreram um grande crescimento, em termos de dedicação, comprometimento, de se dedicar aos estudos. Nós também cobramos isso. Para ser um bom atleta, antes é preciso ser um bom aluno, ter uma boa organização para se dar bem na vida também", definiu o diretor.
 
 
http://londrina.odiario.com/esportes/noticia/816289/alunos-de-colegio-de-rolandia-sao-campeoes-no-ciclismo-e-na-sala-de-aula/
COMPARTILHAR:

+1

Alunos de colégio de Rolândia são campeões no ciclismo


A equipe de ciclismo, formada em maio de 2010 e treinada pelo diretor do Colégio Souza Naves, José Ricardo Moraes, hoje é considerada uma das melhores do Paraná nas disputas dos Jogos Escolares. Além das competições dos Jogos Escolares, o time já conquistou os campeonatos Paranaense e Brasileiro de Ciclismo.
Rolândia é uma cidade com tradição no ciclismo. Nos anos 70, o município tinha uma das melhores equipes da modalidade no Brasil. O pai do diretor José Ricardo – que também é professor de Educação Física - representava a cidade e foi convocado pela Seleção Brasileira de Ciclismo.
O mesmo destino teve a aluna Renata da Silva Lopes, de 17 anos, estudante do 3º ano do ensino médio do Souza Naves. Em 2014, ela foi escalada para defender o Brasil nos Jogos Sul-Americanos da Juventude, em Lima, no Peru. De lá trouxe três medalhas de bronze na bagagem e muita vontade de continuar competindo. Renata está na equipe de ciclismo da escola desde que foi formada, em 2010. "Antes eu não pedalava, jogava futsal. Minha amiga falou sobre o ciclismo e comecei a frequentar para acompanhar ela. Peguei gosto pelo esporte e hoje estou conseguindo bons resultados", conta a atleta.
Renata também é campeã dos Jogos Escolares, do Campeonato Paranaense e do Campeonato Brasileiro de Ciclismo. "Se não fosse pelo colégio eu não seria atleta hoje. Foi uma grande oportunidade. Eu nem sabia que existia o ciclismo. Treino todos os dias e quero ser convocada novamente pela Seleção Brasileira", afirmou.
Em agosto de 2014 serão disputados os Jogos Olímpicos da Juventude, na China, e Renata tem boas chances de ser chamada novamente.

Alunos de colégio de Rolândia são campeões no ciclismo e na sala de aula - Hedeson Alves
Formada por 20 alunos, a equipe de ciclismo tem obtido
bons resultados dentro e fora das salas de aula
Outro destaque da equipe é o ex-aluno do Souza Naves, hoje estudante de Educação Física, Victor Bayerl, de 17 anos. "Ele é um atleta de nível de Seleção Brasileira. Já é observado e a qualquer momento pode ser convocado", explicou o diretor do colégio.
João Victor, 13 anos, do 9º ano do ensino fundamental, é outro aluno que vem se destacando. Há um ano ele participa da equipe de ciclismo e já colhe bons resultados. Na última semana, foi campeão da Copa Regional de Ciclismo, em Assis, no estado de São Paulo. "O diretor passou na nossa sala e falou sobre a equipe, fiquei interessado e resolvi experimentar. Antes eu treinava handebol e agora, com a equipe de ciclismo, consigo conhecer lugares diferentes, que eu nunca tinha ido antes", afirmou.
Rotina
De segunda a sábado, sempre no período da tarde, os atletas pedalam forte sob o calor intenso das rodovias no entorno de Rolândia. O treinamento dura, em média, de duas a três horas. A equipe de ciclismo é uma parceria do Colégio Souza Naves com a Secretaria Municipal de Esportes de Rolândia, que paga o transporte, alimentação e a inscrição dos atletas na maioria das competições.
Além disso, quatro atletas da equipe recebem bolsas da Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo do Paraná, por meio do programa Top-Formador. Outros quatro integrantes recebem bolsas do Top-Escolar, ambos do Programa Talento Olímpico do Paraná.
Hora-treinamento
Os alunos do Colégio Souza Naves não têm somente ciclismo como opção para praticar esportes. Dentro do programa Aula Especializada de Treinamento Esportivo, os estudantes também têm contato com o vôlei e o xadrez. "A hora-treinamento, oferecida no contraturno escolar, é uma forma de aumentar o tempo do aluno dentro da escola. Os estudantes que se destacam no ciclismo são chamados para a equipe principal", afirmou o diretor.
A prática esportiva também contribui para a formação de cidadãos melhores. O diretor José Ricardo Moraes, explica que a disciplina exigida pelo esporte ajuda muito no desenvolvimento das crianças e adolescentes. "Temos meninos que começaram há três anos e hoje estão na faculdade. Meninas que estão terminando o ensino médio e que sofreram um grande crescimento, em termos de dedicação, comprometimento, de se dedicar aos estudos. Nós também cobramos isso. Para ser um bom atleta, antes é preciso ser um bom aluno, ter uma boa organização para se dar bem na vida também", definiu o diretor.
 
 
http://londrina.odiario.com/esportes/noticia/816289/alunos-de-colegio-de-rolandia-sao-campeoes-no-ciclismo-e-na-sala-de-aula/