Homem morre queimado em ônibus por causa de MP3 ligado




Imagine você de ônibus, Metrô, CPTM e afins, indo para o trabalho ou indo para a faculdade, ou indo para uma entrevista de emprego , ou ainda voltando de um desses três lugares. Eis que sem mais nem menos uma pessoas tão ser humano como você que tem os mesmos direitos que você que faz coco, mija e arrota como você liga alto o viva voz do radio, celular, mp3,4,5....o que você vai fazer, meu amigo? Que tipo de psicopata liga um viva voz alto em um COLETIVO? É claro que esta pessoa perdeu o senso e o significado da palavra coletivo, pois veja que bem que vamos aqui tentar achar um sentido em tudo isso enfim.

“Sou uma pessoa como as outras e tenho os mesmos direitos que as outras, vivo num pais verdadeiramente livre e o mais importante: fui basicamente alfabetizado. Entro em um ônibus e sento em qualquer lugar( incluindo os que são reservados para deficientes, mulheres com bebês no colo e idosos). Sem pensar duas vezes , sem pestanejar, sumariamente ligo alto o viva voz do meu aparelho eletrônico”

Viram como é simples?. Agora vejamos os outros lados (acreditem, existem outros lados)!

“Sou uma pessoa como as outras que tenho os mesmo direitos que as outras, vivo num pais verdadeiramente livre e o mais importante: fui basicamente alfabetizado. Entro em um ônibus e sento em qualquer lugar, mas como eu sou uma besta sentei logo ao lado de um carinha muito esperto que tem um celular que toca Mp3 (e dai? eu também tenho!) Ele liga tocando Funk (sem nenhum tipo de preconceito, mas já repararam que em 90% das vezes é Funk? Uma vez eu até vi um cara tocando Chico Buarque no busão. Me irritou profundamente) O cara ligou o Mp3 dele e eu tenho medo de reclamar! MAS POR QUE TENHO MEDO? Reflita comigo: 1) que tipo de pessoa liga o mp3 alto no ônibus? Não seria um psicopata querendo arrumar uma briguinha pra sair da rotina? 2) e se for parente do cobrador? Ele pode te expulsar do ônibus, dizer que é você quem está arrumando confusão 3) E se for amigo do motorista, aí o bicho pega, porque quem direciona o busão é sem dúvida o motorista. Bom, motivos não faltam para que nós não reclamemos de pessoas que ligam seu mp3 alto no busão. Mas vejamos por outro lado: e se eu ligar o meu e você ligar o seu, e o de trás ligar o dele e o da frente também? O que vai acontecer? Imagine talvez que eu solte um pum ao lado de quem está com o mp3 ligado? Veja a seguir a simulação

MP 3 – Poxa vida meu, você peidou..

Peidorreiro – É verdade , mas não existe lei que me proíba de peidar no ônibus , já você se aproveita de uma população assustada para usar como bem entende seu mp3 alto no busão!

Imagine você saindo do seu trabalho... não sabemos das angústias que você enfrenta no seu trabalho, mas suponhamos que você teve uma noite ruim e um dia estressante , sua cabeça deve estar parecendo o Kilauéa! Você entra no ônibus e aproveita para dormir, uma hora e meia de um pesado sono... Impossível tem um cara atrás de você com um celular ligado na novela das 8 ( Opa! temos uma novidade aqui!) TV´s portáteis!!! Nããããããããããããão!!!

Vamos olhar por um outro ângulo, daqueles que mais se prejudicam com os aparelhos sonoros ligados no busão, aparelhos esses que a "Lei Municipal nº 6.681/65″ proíbe ( tá certo que esta é uma lei do tempo em que lei no Brasil tinha que pegar). O ângulo do leitor. Uma pessoa com o hábito da leitura no Brasil é uma coisa um tanto rara. É possível ver muitas pessoas com algum tipo de livro debaixo do braço, desde um best seller pop a um livro mal encadernado com tiragem de cem cópias, No ônibus não é diferente. Tem sempre alguém lendo alguma coisa, e é bom lembrar que quem lê em ônibus é um ser especial que desenvolveu uma técnica de ler o livro com o ônibus em pleno movimento sem perder o fio da meada, Lá está ele, o leitor de livro que não consegue ouvir seu próprio pensamento porquê o carinha do lado está com um radinho de pilha ligado. É claro que o leitor só tem duas alternativas: ou ele fecha o livro e vive sua vida de leitor frustrado ou ele começa a ler em voz alta para que todos ouçam em alto e bom som!



Sobre o título: eu bem sei o seu desejo mórbido para ver desgraças...


Tom Martins
COMPARTILHAR:

+1

Homem morre queimado em ônibus por causa de MP3 ligado




Imagine você de ônibus, Metrô, CPTM e afins, indo para o trabalho ou indo para a faculdade, ou indo para uma entrevista de emprego , ou ainda voltando de um desses três lugares. Eis que sem mais nem menos uma pessoas tão ser humano como você que tem os mesmos direitos que você que faz coco, mija e arrota como você liga alto o viva voz do radio, celular, mp3,4,5....o que você vai fazer, meu amigo? Que tipo de psicopata liga um viva voz alto em um COLETIVO? É claro que esta pessoa perdeu o senso e o significado da palavra coletivo, pois veja que bem que vamos aqui tentar achar um sentido em tudo isso enfim.

“Sou uma pessoa como as outras e tenho os mesmos direitos que as outras, vivo num pais verdadeiramente livre e o mais importante: fui basicamente alfabetizado. Entro em um ônibus e sento em qualquer lugar( incluindo os que são reservados para deficientes, mulheres com bebês no colo e idosos). Sem pensar duas vezes , sem pestanejar, sumariamente ligo alto o viva voz do meu aparelho eletrônico”

Viram como é simples?. Agora vejamos os outros lados (acreditem, existem outros lados)!

“Sou uma pessoa como as outras que tenho os mesmo direitos que as outras, vivo num pais verdadeiramente livre e o mais importante: fui basicamente alfabetizado. Entro em um ônibus e sento em qualquer lugar, mas como eu sou uma besta sentei logo ao lado de um carinha muito esperto que tem um celular que toca Mp3 (e dai? eu também tenho!) Ele liga tocando Funk (sem nenhum tipo de preconceito, mas já repararam que em 90% das vezes é Funk? Uma vez eu até vi um cara tocando Chico Buarque no busão. Me irritou profundamente) O cara ligou o Mp3 dele e eu tenho medo de reclamar! MAS POR QUE TENHO MEDO? Reflita comigo: 1) que tipo de pessoa liga o mp3 alto no ônibus? Não seria um psicopata querendo arrumar uma briguinha pra sair da rotina? 2) e se for parente do cobrador? Ele pode te expulsar do ônibus, dizer que é você quem está arrumando confusão 3) E se for amigo do motorista, aí o bicho pega, porque quem direciona o busão é sem dúvida o motorista. Bom, motivos não faltam para que nós não reclamemos de pessoas que ligam seu mp3 alto no busão. Mas vejamos por outro lado: e se eu ligar o meu e você ligar o seu, e o de trás ligar o dele e o da frente também? O que vai acontecer? Imagine talvez que eu solte um pum ao lado de quem está com o mp3 ligado? Veja a seguir a simulação

MP 3 – Poxa vida meu, você peidou..

Peidorreiro – É verdade , mas não existe lei que me proíba de peidar no ônibus , já você se aproveita de uma população assustada para usar como bem entende seu mp3 alto no busão!

Imagine você saindo do seu trabalho... não sabemos das angústias que você enfrenta no seu trabalho, mas suponhamos que você teve uma noite ruim e um dia estressante , sua cabeça deve estar parecendo o Kilauéa! Você entra no ônibus e aproveita para dormir, uma hora e meia de um pesado sono... Impossível tem um cara atrás de você com um celular ligado na novela das 8 ( Opa! temos uma novidade aqui!) TV´s portáteis!!! Nããããããããããããão!!!

Vamos olhar por um outro ângulo, daqueles que mais se prejudicam com os aparelhos sonoros ligados no busão, aparelhos esses que a "Lei Municipal nº 6.681/65″ proíbe ( tá certo que esta é uma lei do tempo em que lei no Brasil tinha que pegar). O ângulo do leitor. Uma pessoa com o hábito da leitura no Brasil é uma coisa um tanto rara. É possível ver muitas pessoas com algum tipo de livro debaixo do braço, desde um best seller pop a um livro mal encadernado com tiragem de cem cópias, No ônibus não é diferente. Tem sempre alguém lendo alguma coisa, e é bom lembrar que quem lê em ônibus é um ser especial que desenvolveu uma técnica de ler o livro com o ônibus em pleno movimento sem perder o fio da meada, Lá está ele, o leitor de livro que não consegue ouvir seu próprio pensamento porquê o carinha do lado está com um radinho de pilha ligado. É claro que o leitor só tem duas alternativas: ou ele fecha o livro e vive sua vida de leitor frustrado ou ele começa a ler em voz alta para que todos ouçam em alto e bom som!



Sobre o título: eu bem sei o seu desejo mórbido para ver desgraças...


Tom Martins