Uma morte por telefone

a cigana discou um numero qualquer.
dois toques
atendeu Antenor.
-Antenor, quer saber seu futuro?
- hein? que esta falando?
- a pessoa que sabe seu futuro..
-meu o que?
- FUTURO!!! você é surdo?
- olha minha senhora eu vou desligar
- não desligue, eu sei o seu futuro
- e qual seria?
- morrer
- só se for de rir... da senhora
- é serio vais morrer em pouco tempo.
- eu sei que vou morrer.
- ah é ? mas você não sabe quando
-é? e você? sabe?
-sei
-quando?
-agora!
POF. ouviu a cigana no uotro lado da linha
ela desligou o telefone, com certo repeito pelo falescido.
-que pena, tão jovem - disse para si mesma.
COMPARTILHAR:

+1

Uma morte por telefone

a cigana discou um numero qualquer.
dois toques
atendeu Antenor.
-Antenor, quer saber seu futuro?
- hein? que esta falando?
- a pessoa que sabe seu futuro..
-meu o que?
- FUTURO!!! você é surdo?
- olha minha senhora eu vou desligar
- não desligue, eu sei o seu futuro
- e qual seria?
- morrer
- só se for de rir... da senhora
- é serio vais morrer em pouco tempo.
- eu sei que vou morrer.
- ah é ? mas você não sabe quando
-é? e você? sabe?
-sei
-quando?
-agora!
POF. ouviu a cigana no uotro lado da linha
ela desligou o telefone, com certo repeito pelo falescido.
-que pena, tão jovem - disse para si mesma.